O Ministério Público do Estado de Sergipe iniciou um Procedimento Extrajudicial a fim de investigar supostas irregularidades consistentes nos pagamentos de débitos do Município de Lagarto.

 De acordo com o PROEJ n° 40.20.01.0039, originário da 11ª Promotoria de Justiça Cível da Comarca de Lagarto, a Prefeitura desrespeitou a ordem cronológica, antecipando e invertendo pagamentos sem que indiquem nenhuma vantagem para o Município.

 “Numa primeira análise, constata-se que a Prefeita Hilda Ribeiro, do Município de Lagarto – SE, pode estar desrespeitando a ordem cronológica dos pagamentos a credores públicos, sem vantagem para o erário, cometendo, assim, o crime de responsabilidade previsto no art. 1º, inciso XII, do Decreto- Lei n. 201/67”, diz o MP.

 Assim, entendo a necessidade, o Ministério Público pediu a instauração de Instauração formal de Inquérito Policial, para fins de apuração completa dos fatos noticiados.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano