O Ministério Público, através do promotor de justiça, Dr. Paulo José preocupado com o aumento dos casos da COVID 19 em Tobias Barreto  e a consequente lotação da UPA - unidade de pronto atendimento local indica o colapso da rede de atendimento  com todas as enfermarias e leitos específicos ocupados, oficiou a Unidade local e o Estado para as devidas providências.

 Segundo, Dr. Paulo José, a situação é gravíssima e é imperiosa medidas preventivas para ampliação da rede e monitoramento para possível regulação em UTI.

 Registra-se que desde o início da pandemia o Ministério Público vem determinado em coibir aglomeração, orientar à população e fortalecer a rede hospitalar, inclusive com ações contra o Estado.

 Esperamos que não tenhamos mais mortes por falta de assistência médica adequada, finaliza, Dr. Paulo José.

 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano