Técnicos da Administração Estadual do Meio Ambiente de Sergipe (Adema) e da Visão Ambiental, empresa que executa o Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia Sergipe/Alagoas, estiveram no local.

 Uma análise preliminar constatou que o avançado estado de decomposição indica que a morte aconteceu há vários dias e ela foi arrastada para a faixa de areia pela força da maré.

 Amostras do material biológico da baleia foram recolhidas para que uma análise laboratorial possa estabelecer a causa da morte do animal.

 Esses animais têm por hábito deixarem a Antártida e nadam milhares de quilômetros todos os anos. A migração ocorre para poderem acasalar em águas mais quentes, como as do litoral do Nordeste brasileiro. 

 Uma força-tarefa foi mobilizada para realizar o serviço de remoção do animal. 

F5

 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano