Em Sergipe, 12 municípios estão em situação de emergência por seca ou estiagem. De acordo com a Defesa Civil de Sergipe, mais de 74 mil pessoas estão sendo afetadas nos municípios.

 Os municípios que estão com decretos em vigor são: Monte Alegre, Canindé do São Francisco, Poço Redondo, Carira, Ribeirópolis, Feira Nova, Tobias Barreto, Nossa Senhora da Glória, Poço Verde, Nossa Senhora Aparecida, Gararu e Feira Nova.

 De acordo com o coordenador da Defesa Civil de Sergipe, tenente coronel Luciano Queiroz, o município de Pinhão já foi vistoriado e deve ter a situação de emergência decretada em breve, e o município de Porto da Folha está preparando a documentação para fazer a solicitação junto ao órgão.

 “Os munícipios decretam situação de emergência, preparam toda a documentação e nos envia. A Defesa Civil faz a vistoria in loco para verificar se os relatos fotográficos e os relatórios procedem. Para que seja decretada situação de emergência é necessário que se verifique perdas hídricas, agropecuárias e danos humanos. São essas questões que verificamos”, explica.

 Dos 12 municípios, sete estão com os decretos prestes a vencer entre outubro e novembro. De acordo com a Defesa Civil, os municípios podem solicitar a prorrogação dos decretos. “Os decretos tem validade de até 180 dias e os municípios podem solicitar novamente a situação de emergência, se a situação persistir. Eles precisam apresentar novamente toda documentação atualizada da situação para que a Defesa Civil faça a avaliação”, esclarece.

Operação Carro Pipa

 Quase 31 mil pessoas estão sendo assistidas pela Operação Carro Pipa, executada pelo Exército Brasileiro, que leva água potável às populações rurais e urbanas atingidas por estiagem, priorizando os municípios que estão em situação de emergência ou estado de calamidade pública.

Por Karla Pinheiro


 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano