Imagens da mulher nua saindo da viatura e caminhando pela delegacia de Iguaba Grande, na Região dos Lagos do Rio, viralizaram em grupos de mensagens e redes sociais nesta terça-feira (28).

 A Corregedoria Geral da Polícia Civil (CGPOL) informou, em nota, que está investigando o caso. Ainda segundo a Corregedoria, o policial envolvido foi identificado e será afastado das suas funções.

 A presidente da OAB de Iguaba Grande, Margoth Cardoso, informou que vai levar o caso à Diretoria Estadual de Mulheres da Ordem dos Advogados do Brasil. Segundo ela, é preciso garantir a segurança e a privacidade das mulheres em ambientes policiais, para evitar que elas deixem de fazer denúncias relacionadas a qualquer tipo de violência.

 "Como uma mulher que sofreu violência pode se sentir segura para ir a uma delegacia? Isso não tem cabimento. É inadmissível! A Corregedoria precisa apurar de forma muito severa esse caso. Afastar o agente, não é suficiente. Ele precisa responder pelos atos cometidos", afirmou Margoth Cardoso.

 A Polícia Civil não informou quando as imagens foram registradas, se a mulher também foi identificada e em qual contexto os registros foram feitos.

 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Sergipano